Objetivos

Nesta secção apresentamos os objetivos do CRP. Para a concretização dos mesmos, o CRP organizará grupos especializados de estudo, conferências, seminários, acções de formação profissional, a todos os níveis, e promoverá a edição de publicações de índole técnica e científica e, de um modo geral, tudo o que a tal fim for necessário.

O CRP poderá associar-se, ou filiar-se, mediante deliberação da Assembleia Geral, com associações ou organismos nacionais, europeus ou internacionais, que prossigam fins similares.

Participar na discussão das políticas de transportes rodoferroviário

Participar na discussão das políticas de transportes rodoferroviário e respetivas infraestruturas, visando melhorar a qualidade de vida das pessoas, em articulação com a Administração Pública e as entidades públicas e privadas que em Portugal, na União Europeia ou noutras partes do mundo, se dediquem aos mesmos fins.

Promover o desenvolvimento do sector dos transportes

Promover o desenvolvimento do sector dos transportes, implementando, para esse efeito, valências técnicas nos domínios da modelação, sistematização de métodos construtivos, sistemas de garantia da qualidade, monitorização, avaliação do desempenho, incluindo inquéritos de satisfação dos utentes, resiliência das infraestruturas, avaliação de risco, bem como de investigação aplicada, desenvolvimento tecnológico e demonstração.

Colaborar na preparação e participar na execução de normas técnicas e administrativas

Colaborar na preparação e participar na execução de normas técnicas e administrativas, a estabelecer pelas entidades públicas, relacionadas com os vários tipos de infraestrutura, a fim de tornar mais racional, eficaz e segura a utilização destas.

Servir de ponto de encontro para gestores, técnicos e profissionais do sector

Servir de ponto de encontro para gestores, técnicos e profissionais do sector dos transportes, constituindo-se como fórum para o intercâmbio de ideias, experiências e preocupações sobre a necessidade permanente de modernização do sector, nos seus variados aspetos, nomeadamente na necessidade de formação contínua e atualização técnica dos diversos grupos profissionais intervenientes.

Representar os interesses dos Associados

Representar os interesses dos Associados, em tudo o que se relacione com os fins da Associação.

Orientar as respectivas actividades para fins de utilidade pública

Orientar as respectivas actividades para fins de utilidade pública, em cooperação com a Administração Central e Local, sujeita aos deveres e princípios inerentes ao estatuto das pessoas colectivas de utilidade pública.

Desenvolver outras atividades

Desenvolver qualquer outra actividade não contemplada nas alíneas anteriores, relacionada, direta ou indiretamente, com a estrada, o caminho de ferro, o sistema de transportes, o meio ambiente e a segurança da circulação.

Torne-se Associado!