Objetivos

Nesta secção apresentamos os objetivos do CRP. Para a concretização dos mesmos, o CRP organizará grupos especializados de estudo, conferências, seminários, acções de formação profissional, a todos os níveis, e promoverá a edição de publicações de índole técnica e científica e, de um modo geral, tudo o que a tal fim for necessário.

O CRP poderá associar-se, ou filiar-se, mediante deliberação da Assembleia Geral, com associações ou organismos nacionais, europeus ou internacionais, que prossigam fins similares.

Contribuir para o progresso do sector rodoviário português

Contribuir para o progresso do sector rodoviário português, nas suas distintas vertentes e correspondentes enquadramentos, europeu e internacional, em articulação com a Administração Pública e quaisquer entidades públicas e privadas que em Portugal, na União Europeia ou noutras partes do mundo, se dediquem aos mesmos fins, nos termos das respectivas competências.

Implementar valências técnicas

Promover o desenvolvimento neste sector, implementando, para esse efeito, valências técnicas nos domínios de normalização, sistematização de métodos construtivos, sistemas de garantia da qualidade, bem como de investigação aplicada, desenvolvimento tecnológico e demonstração.

Participar na execução de normas técnicas e administrativas

Colaborar na preparação e participar na execução das normas técnicas e administrativas a estabelecer pelas entidades públicas relacionadas com a via pública, a fim de tornar mais racional, eficaz e segura a utilização desta.

Servir de pivô para o encontro de técnicos e profissionais do setor

Servir de ponto de encontro para técnicos e profissionais do sector da estrada e do transporte, constituindo-se como forum para o intercâmbio de ideias e preocupações sobre a problemática das vias públicas, nos seus variados aspectos.

Otimizar a utilização de infraestruturas

Contribuir para a optimização do uso da estrada como infra-estrutura de transporte.

Representar os Associados

Representar os interesses dos Associados, em tudo o que se relacione com os fins da associação.

Cooperar com a Administração Central e Local

Orientar as respectivas actividades para fins de utilidade pública, em cooperação com a Administração Central e Local, sujeita aos deveres e princípios inerentes ao estatuto das pessoas colectivas de utilidade pública.

Outras atividades relacionadas com a estrada, o transporte e a segurança rodoviária

Desenvolver qualquer outra actividade, não contemplada nas alíneas anteriores, relacionada, directa ou indirectamente, com a estrada, o transporte, o meio ambiente e a segurança rodoviária.

Torne-se Associado!